Outubro Rosa: juntos na luta contra o câncer de mama

01/10/2019 | Dicas de Saúde

O Outubro Rosa chega para conscientizar e alertar mulheres e sociedade sobre a importância da prevenção do câncer de mama e do câncer de colo de útero. E a MedCal também se veste de rosa este mês para lembrar a todos que, quanto mais cedo as doenças forem diagnosticadas, muito maior é a probabilidade de cura. 

A campanha, que surgiu nos anos 1990, em Nova York, ganhou o mundo, e hoje também abre espaço para conscientizar sobre a boa influência que os hábitos saudáveis de vida podem ter na prevenção do câncer. Para dar uma ideia, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) aponta que 25% dos casos de câncer no Brasil são os de mamas, e revela que muitos deles poderiam ser evitados com simples hábitos saudáveis no dia-a-dia. "As mulheres, sobretudo a partir dos 40 anos, têm maior risco de desenvolver câncer de mama. Alguns fatores não se podem mudar. Outro, no entanto, só dependem de cada uma de nós", afirma a Dra. Jane Cristina da Costa, mastologista, ginecologista e obstetra da MedCal.

Você sabe como o câncer de mama se manifesta? Segundo explica a Dra. Jane, na maioria dos casos, a doença surge com um caroço na mama, mas também pode se apresentar de outras formas:

  • Vermelhidão e pele endurecida;
  • Áreas estufadas (abaulamento) e covinha (retração);
  • Feridas que não cicatrizam e coceiras que não melhoram;
  • Saída de líquido do bico do peito (sem apertar) de cor vermelha ou transparente como a água
  • Caroço ou local endurecido

Além de lembrar nossas amigas sobre a necessidade do acompanhamento médico preventivo, das mamografias anuais após os 40 anos e do autoexame, apresentamos, com a ajuda da nossa nutricionista Berenice de Martini Weber e do nosso time de ginecologistas, alguns hábitos saudáveis que podem ajudar a prevenir o câncer de mama. Confira!

1. Alimentação saudável – deve incluir consumo diário de brócolis, cenoura e frutas vermelhas. Eles possuem nutrientes anticancerígenos e fitoquímico sulforafano, capazes de destruir e retardar o crescimento de células malignas no organismo. 

2. Atividade física – a prática regular de esportes reduz as chances de desenvolver câncer de mama, além de melhorar as chances de sobrevida após o diagnóstico da doença. 

3. Cigarro e bebida alcoólica – o tabaco e o consumo frequente de álcool estão diretamente associados ao aumento do risco de desenvolvimento não apenas do câncer de mama, mas também em outras partes do corpo. 

4. Autoexame – nada melhor do que conhecer o próprio corpo. Dados do INCA aponta que aproximadamente 80% dos tumores são descobertos pela própria mulher ao apalpa as mamas. Por isso, o autoexame aumenta expressivamente a possibilidade de descoberta precoce da doença. Toque os seus seios e, se perceber algum nódulo ou dores incomuns, procure o seu médico. 

5. Visite seu médico periodicamente – Visitar o médico e realizar check-up anualmente ainda é a melhor forma de prevenir o câncer de mama e obter um diagnóstico precoce, aumentando expressivamente a chance de cura da doença.

Prevenção também vale para os homens

De acordo com o INCA, apenas 1% dos casos de câncer de mama é diagnostica em homens. Ainda assim, também é importante que eles fiquem atentos a sinais diferentes no corpo. Os sintomas, cuidados e tratamentos são os mesmos para homens e mulheres.

Marque hoje mesmo suas consultas com a Dra. Jane, com nossa nutricionista ou outro de nossos especialistas pelo telefone (47) 3363-6066, WhatsApp (47) 98469-1473 ou pelo Agendamento Online.

FONTE: Especialistas da MedCal e Sociedade Brasileira de Mastologia